Contratempo, Revés ou Tragédia

10/12/2018

 

Era uma vez um camundongo que vivia angustiado, com medo do gato. Um mágico teve pena dele e transformou-o em gato. Mas aí ele ficou com medo do cão, por isso o mágico o transformou em cão. Então, ele começou a temer a pantera, e o mágico o transformou em pantera. Mas ele se encheu de medo do caçador.

 

O mágico desistiu e transformou-o novamente em camundongo dizendo-lhe: - Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem a coragem de um camundongo.

 

Assim são certas pessoas, pois vivem com medo de tudo. Para elas a tragédia mora na próxima esquina. E cada passo adiante é uma tortura, pois não sabem se já é a hora tão “esperada”.

 

A tendência delas é superdimensionar tudo. Não importa se é um camundongo ou um leão, a reação é sempre de muito medo. É como se para cortar um pedaço de pão precisassem de uma moto-serra, ou para apagar uma vela de bolo de aniversário, fosse preciso um extintor de incêndio. Dá-se importância acima do devido para situações que são apenas contratempos.

 

A maioria das ocorrências difíceis da vida são contratempos e serão resolvidos às vezes por si mesmos, sem necessidade de nossa interferência. Pensamos que vamos dar um duro danado e opss, quando vemos, tudo já passou, os problemas foram-se sem mais danos.

 

Já os reveses são um pouco mais sérios. Dão mais trabalho, mudam nossa rotina, interferem em nosso cotidiano. Precisam de nossa atenção e criatividade para ser resolvidos. Às vezes a solução leva até alguns meses, mas depois que passam não deixam cicatrizes. As dívidas entram nesse quadro.


Já as tragédias são complexas de solucionarem, porque elas somente existem em nossas mentes. Para que possamos resolvê-las é necessário uma mudança de óptica, na qual veremos o aprendizado que cada situação traz em si mesma, como por exemplo nos casos de um acidente ou uma falência financeira, que nos convidam à temperança e uma valorização maior da vida.

 

Agora veja só: o que pode estar lhe angustiando neste momento provavelmente é apenas um contratempo. Então fique tranquilo e espere, aja quando clarear o caminho... vai passar.

 

Para quem está passando por um revés o importante é mirar no horizonte de seus projetos – sonhos. Quanto mais energia colocar no que você quer, menos viverá o problema, menos ficará pensando nele e mais fácil será para resolvê-lo. Desfoque do problema e foque o objetivo maior, verá como a solução virá. No momento oportuno você agirá.

 

A vida é uma experiência fascinante. É um maravilhoso desafio, que nos impulsiona ao crescimento e à evolução. Ela é estimulante se você a trata como uma ponte permitindo avançar etapas. Se você a trata como um problema, está certo, é exaustivo e frustrante.

 

Esqueça o “leite derramado”, o que passou, passou e não volta mais. O importante é o que você consegue agora com o que tem hoje e o fator resultante na linha do tempo. Sempre o que nos desaponta hoje, se soubermos aproveitar como aprendizado será combustível para alegrias no futuro. Pense nisso, mas pense agora.

 

Saulo Carvalho é consultor financeiro e organizacional e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância. Articulista de A Gazeta, escreve neste espaço aos domingos. saulocarvalho@seubolso.com.br ou www.seubolso.com.br.

Compartilhar
Retweet
Please reload

65 3624-3060

  • 001-instagram
  • 002-twitter-logo-button
  • 003-facebook-logo-button
Please reload

Arquivo

Ouvindo a Voz da Empresa 5/5

04/12/2017

1/5
Please reload

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Posts Recentes

30/12/2019