Como Lidar com Adversidades

31/12/2018

 

 

Talvez você já conheça a historieta a seguir, mas vale sempre refletir: “Uma garota se queixou a seu pai sobre sua vida e de como as coisas estavam difíceis para ela. Já não sabia mais o que fazer e queria desistir. Estava cansada de lutar, era um problema atrás do outro.

 

Seu pai levou-a até a cozinha, encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto. Em uma ele colocou cenouras, em outra colocou ovos e, na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse.

 

Virando-se para filha, pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Ele, então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse. Ela obedeceu e depois de retirar a casca verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso.

 

Então, ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente. A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil. Os ovos eram frágeis, sua casca fina havia protegido o líquido interior. Mas depois de terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo. O pó de café, contudo, era incomparável, ele havia mudado a água.

 

- Qual deles inspira você? Ele perguntou a sua garota, agora reflexiva. - Quando a adversidade bate a sua porta, como você responde? Você é como a cenoura que parece forte, mas com a dor e a adversidade você murcha e se torna frágil e perde sua força? Será que você é como o ovo, que começa com um coração maleável? Mas depois de alguma situação estressante se tornou mais difícil e duro? Sua casca parece a mesma, mas você está mais amargo e obstinado, com o coração e o espírito inflexíveis? Ou será que você é como o pó de café? Ele muda a água fervente, que está trazendo a dor, para conseguir o máximo de seu sabor.

 

Quanto mais quente estiver a água, mais gostoso se torna o café. Se você se inspirar no pó de café, quando as coisas se tornam piores, se fortalecerá e fará com que as coisas em torno de você também se tornem melhores.”

 

Para lidar com as adversidades é preciso aprender com as experiências desafios, trabalhar com disciplina e se permitir espaços de refazimento. Faça pausas de cinco minutos a cada hora de trabalho. Pense no que está fazendo, veja se é útil e siga em frente. Seja autentico, diga sim quando deve dizer sim, e não quando o correto é não. Mas não confunda autenticidade com rudeza, seja dócil e firme.

 

Seja flexível com sua agenda, com espaços para os imprevistos. Mergulhe com profundidade no que está fazendo agora e sinta o “sabor” de produzir algo novo. Pense nisso, mas pense agora.

 

Saulo Carvalho é consultor financeiro e organizacional e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância. Articulista de A Gazeta, escreve neste espaço aos domingos. saulocarvalho@seubolso.com.br ou www.seubolso.com.br.

Compartilhar
Retweet
Please reload

65 3624-3060

  • 001-instagram
  • 002-twitter-logo-button
  • 003-facebook-logo-button
Please reload

Arquivo

Ouvindo a Voz da Empresa 5/5

04/12/2017

1/5
Please reload

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Posts Recentes

30/12/2019