O Poder Além da Vida

25/03/2019

 

 

 

 

 

  

 

Segundo os produtores, o filme “O poder além da vida” foi baseado no livro “O caminho do guerreiro pacífico”, de autoria de Dan Millman, contando sua própria história. O filme traz reflexões sobre a vida, de onde extraí alguns conceitos para meditar e compartilhar.

 

Sabedoria e conhecimento: Acumular somente conhecimento é inútil e não nos torna sábios. A sabedoria vem do saber realizar, mas aliando a isso à capacidade de agir de modo adequado e no momento propício. De nada adianta a teoria sem a prática, de nada adianta aprender como ser um bom cirurgião sem ter operado nenhum paciente. Devemos evitar somente o acúmulo de informações para passar a buscar respostas dentro de nós e agir.

 

Controle da mente: A mente enche a nossa cabeça com pensamentos aleatórios todos os dias, e nenhum desses pensamentos revela nada de nós. Devemos desligar de nossa mente e livrarmo-nos do lixo que está nela. Aprendermos a jogar fora (da mente) o que não é necessário para viver, esvaziá-la, jogar fora o que nos impede de ver o que realmente importa: o momento presente, aqui e agora. Fiquemos 100% envolvidos na experiência que está ocorrendo agora.

 

Vícios: O vício complica. Necessitamos ter consciência sobre as nossas escolhas e nos responsabilizarmos pelas nossas ações. Todas as ações têm a sua satisfação e o seu preço. Sempre tem algo acontecendo e nada na vida é banal.

 

Meditação: Ao nos tornamos guerreiros, vamos aprender meditar em qualquer situação, mesmo fazendo qualquer atividade, nos desprendendo das coisas e emoções desnecessárias, como do orgulho e abandonando os vícios, como falar e interromper os outros.

 

Coragem e Medos: Raiva, ódio e violência são apenas medos, e o medo, não é o dinheiro que é o cérebro de todo o mal. Usemos uma espada, seguremo-la bem alto e cortemos todos os laços, eliminemos todo arrependimento e medo. Todo o resto vive no passado e no futuro. Não procuremos a perfeição, a vitória ou invulnerabilidade. O guerreiro é totalmente vulnerável, e isto é a sua única coragem.

 

Um episódio triste ou alegre é o nosso treinamento. A vida é uma escolha, podemos escolher ser uma vítima ou ser o que quisermos. Um guerreiro age e só um tolo reage. Se não conseguirmos fazer? Isso é o futuro, joguemos fora. Como começamos? Não existe início e nem chegada, só o caminho.

 

Amor: Quem tem dificuldade de amar é quem mais precisa de amor. Um guerreiro não desiste daquilo que ama, ele acha o amor no que faz e mantém o senso de humor, especialmente com relação a si mesmo. É a força por trás de toda atitude.

 

A felicidade está na jornada, não no destino. Se não temos o que queremos, sofremos, e mesmo que consigamos o que queremos, ainda assim vamos sofrer. Não devemos ficar presos a uma coisa para sempre: "Só serei feliz se ganhar"... Não nos entreguemos àquilo que nunca tivemos e nunca vamos ter: controle. Aceitemos que não podemos controlar tudo que acontece conosco. Somos seres valorosos independentemente das circunstâncias. O guerreiro se dedica ao que ele ama. Correr atrás do ouro, viver com medo de falar? É isso que eu amo?

 

Onde eu estou? Aqui! Que horas são? Agora! Quem sou eu? Este momento!

 

Pense nisso, mas pense agora!

 

Saulo Carvalho é consultor financeiro e organizacional e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância. Articulista de A Gazeta, escreve neste espaço aos domingos. saulocarvalho@seubolso.com.br ou www.seubolso.com.br.

Compartilhar
Retweet
Please reload

65 3624-3060

  • 001-instagram
  • 002-twitter-logo-button
  • 003-facebook-logo-button
Please reload

Arquivo

Ouvindo a Voz da Empresa 5/5

04/12/2017

1/5
Please reload

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Posts Recentes

30/12/2019