A construção de uma vida

02/09/2019

 

 

 

 

      

Já é bem conhecida a história do pedreiro que perguntado sobre o que estava fazendo disse que colocando um tijolo sobre o outro, já outro pedreiro disse que está construindo um prédio. O terceiro responde que está construindo um lar.

 

O que fazemos pode ser a mesma coisa, mas faz muita diferença quando percebemos o real valor e o resultado final.

 

Podemos viver ecologicamente. Ao caminhar por uma rua ou parque pegar um papel no chão, não jogar lixo pela janela do carro e cuidar da preservação dos animais. Mas proteger a natureza não é somente cuidar da terra, das plantas ou gastar pouca água, é também cuidar das pessoas e isto não é somente cuidar do corpo, é também cuidar do que é eterno: a alma. Cuidar da alma é cuidar das emoções, dos desejos e vontades.

 

Importantíssimo a onda atual no mundo de cuidar do planeta, da Amazônia, dos rios e de fazer leis onde é crime inafiançável matar um animal. Mas é também preciso ter o mesmo cuidado com as pessoas.

 

Cuidar do outro é tão importante quanto zelar do córrego no fundo de uma chácara. Daí pensar na educação dos gestos, na gentileza da vontade e nas condições de crescimento moral.

 

Daí, por exemplo, em uma atividade voluntária para a promoção da vida saudável se estivermos lavando pratos em um almoço beneficente, vamos saber que além da limpeza e da higiene, estamos cuidando da EDUCAÇÃO do ser humano. Já que os frutos advindos dos recursos gerados no almoço serão aplicados na educação moral do indivíduo.

 

Cuidar da família, pais, irmãos e filhos. Aos filhos um dever consciencial, cuidar sem preocupações em oferecer para eles a felicidade através de coisas ou fazer somente o que lhes dará prazer momentâneo. Oferecer oportunidades para desenvolverem a auto estima e caráter.

 

Estamos vendo pessoas aturdindo-se na busca do prazer excessivo e se atiram afanosamente pela conquista do dinheiro, nele colocando todas as aspirações da vida. Ou abusam desperdiçando e esbanjando-o sem consideração.

 

Indispensável a busca dos valores éticos e morais. Onde elas estiverem em algum lugar no futuro, se tiverem caráter e autoestima, poderão até passar por escassez, mas terão as condições de viver bem consigo mesmas e com o próximo. É a construção de uma vida. Pense nisso, mas pense agora!

 

Saulo Gouveia é consultor financeiro e organizacional e atua oferecendo novos significados para viver as virtudes em abundância. Articulista de A Gazeta, escreve neste espaço aos domingos. saulogouveia@seubolso.com.br ou www.seubolso.com.br.

Compartilhar
Retweet
Please reload

65 3624-3060

  • 001-instagram
  • 002-twitter-logo-button
  • 003-facebook-logo-button
Please reload

Arquivo

Ouvindo a Voz da Empresa 5/5

04/12/2017

1/5
Please reload

Posts Em Destaque
Procurar por tags
Posts Recentes